quinta-feira, 21 de agosto de 2008

P U T O

Uma pessoa passa a toda pelo sinal vermelho e acerta em cheio o meu carro. Uma pessoa estava com outra pessoa, e se machucaram. Estavam sem cinto de segurança. Meu carro, todos sabem, é levado para um cemitério de automóveis. Morte súbita!
Meu carro tem seguro. O da pessoa, não.
O pai da pessoa diz que a pessoa é meio abobalhada. Que não devia pegar carro. Se vivo hoje é por Deus, não por essa pessoa.
O pai da pessoa me liga dois dias depois e tenta me subornar para assumir a culpa.
A amiga do pai da pessoa me liga algumas horas depois, e tenta me subornar para assumir a culpa. “Nem que fosse o Papa”, são minhas palavras.
Quinze dias depois, hoje, me liga o suposto advogado da pessoa. A pessoa dizendo que estava amarelo. A pessoa dizendo que veio pela direita e tinha preferencial. A pessoa, que nem tentou frear e que é, segundo o próprio pai, meio abobalhada, é muito simples na hora de pedir, e muito esperta na hora de se virar.
Me deixa puto! A injustiça me deixa puto! Sei que isso não vai dar em nada. Sei que comigo vai ficar tudo bem. Mas o simples fato das tentativas de suborno e agora essa palhaçada de advogadinho de porta de cadeia querendo sair por cima, me deixam PUTO!!
Quantos prostitutos existem neste mundo.... Quanta sacanagem e falta de dignidade!

4 comentários:

Juliana Hilal disse...

Não acredito, Dudu. É muita cara de pau. Como tem gente sacana nesse mundo.
Também fiquei puta.
Beijos

Menininha bossa-nova disse...

Putz, jura mesmo? Eu fiquei com tanto dó deles...

Pra vc ver q, nesse mundo, todo mundo tem dois lados. Ou vários lados. Polígonos que somos nós.

Marina F. disse...

Que absurdo, cara. Que gentinha suja. Se quiser eu ligo pra eles e falo que sou sua advogada!!!
bjs.

Candy Girl disse...

Credo Du, já não basta a dor de cabeça de perder o carro e o susto... Ninguém merece! Ah, eu tbem ODEIO advogadinhos de porta de cadeia, afe!
Vai benzer querido, vai logo! rs
saudadeeeeeeee
bjus